Imagem capa - Escovas e pentes ideais por katia  Garrido
Saude / beleza

Escovas e pentes ideais

Você acorda, pega a primeira escova ou pente que vê na sua frente e de repente começa o crac crac.


Voa cabelo para todos os lados, a escova fica cheia deles ou simplesmente não cai um único fio, mas você quase arrebentou grande parte deles.


Quem já passou por esse processo levante a mão.


Hahahaha.


Estou escrevendo e ouvindo , nos meus pensamentos, a luta do crac crac matinal aqui em casa com as minhas filhas.


Gente! Elas não ouvem e eu sinto uma agonia danada.


Você sabia que essa falta de cuidado pode danificar e muito os seus fios?


Escovação tem que ter paciência, não requer habilidades , mas requer amor pelos cabelos, mesmo na hora da pressa.


Esse é o tipo de cuidado diário que dá vida aos fios e os deixam crescer saudáveis também. Você pode evitar assim a quebra e o frizz.


As escovas são indicadas de acordo com a espessura e textura dos fios, para que ela desembarace bem sem tracionar e sem quebrar o cabelo. 


O ideal é a troca do pente ou da escova a cada 6 meses.


E por falar em higienização, a escova de cabelo é um item pessoal e não devia ser compartilhada. Cada um com a sua.


"Tipos de escova para cada cabelo

Cada tipo de cabelo tem uma necessidade especial. Sendo assim, existem opções específicas para eles.

Cabelo liso: escova tipo raquete com cerdas de náilon ou plástico e pentes com dentes menos espaçados e/ou feitos de madeira. A madeira ajuda controlar o efeito estático dos fios, o famoso frizz.


Cabelo ondulado: opte por modelos retangulares, pois eles ajudam a manter a forma natural. Dê preferência para os que possuem cerdas mistas com tamanhos irregulares. Use pentes com dentes largos ou pe...ou pente jacaré. Sobre a composição do item, o material mais adequado é a madeira.

  
Cabelo cacheado ou crespo:
a escova ideal é aquela anatômica e que as cerdas não machuquem o couro cabeludo. Inclusive, existem até escovas específicas desenvolvidas por tricologistas. Para o pente, utilize os que têm dentes largos, como o pente garfo. Dê preferência para os feitos de madeira.  

Cabelo curto: opte por escovas pequenas e arredondas.


Tipos de escova e suas utilidades

Escova retangular: indicada para desembaraçar os fios.



Escova oval com base de cerâmica e cerda natural:
ótima para secar levemente e modelar as pontas, dando volume ao cabelo.


Escova raquete oval com cerda de plástico e bolinha na ponta: ótima escolha para pessoas com sensibilidade no couro cabeludo.

Escova fininha: pode ser usada para modelar ou cachear o cabelo.




Tipos de cerdas


Náilon: para cabelos lisos ou que sejam levemente ondulados. Nunca deixe o secador encostar na cerda, pois isso pode fazê-la derreter e ainda queimar o seu couro cabeludo.


Náilon com bolinha na ponta: além de pentear, faz uma massagem no couro cabeludo, o que ajuda na circulação.


Mistas (javali e náilon): as cerdas de javali ajudam a alisar os fios, enquanto as de náilon auxiliam no processo de desembaraçar.

Naturais: ótimas para pentear de forma mais eficaz e para desembaraçar os fios.


Dicas de conservação


-Troque sua escova a cada seis meses.


- Não a compartilhe com ninguém.


- Remova os fios após o uso.


- Deixe a escova de molho com água e shampoo (ou sabão neutro) por dez minutos . O ideal é fazer isso pelo menos uma vez por semana."


Prontinho!

Agora que vocês já sabem, vamos cuidar melhor das madeixas.

beijos e até o próximo post.


Informações Revista Capricho