Imagem capa - Sevilla por katia  Garrido
Destinos

Sevilla

Sevilla é a capital de Andaluzia/ Espanha. 


Para visitar o centro histórico e o basicão, você precisará de 2 ou 3 dias.


Fomos em janeiro e o frio não nos impossibilitou de fazer nenhum passeio. As crianças também não se queixaram da temperatura.


Gente, um mapa na mão faz total diferença. Não esqueçam!



A cidade é grande, sugiro alugar um carro se você quiser explorar bem a região, mas tenha a consciência que estacionar nas ruas não é tarefa fácil.


Sevilla tem muita história para contar, como toda cidade histórica a arquitetura é de arrancar suspiros.


O primeiro lugar que conhecemos foi a Plaza de España.



A praça foi construída em 1928 para a Exposição Ibero-Americana que aconteceria na cidade no ano seguinte.


O espaço é público e de livre circulação.



A arquitetura é impressionante.



O local é enorme, mas em 2 horas você consegue dar uma caminhada e conhecer a praça.



Há vários artistas por toda parte tocando e dançando flamenco.


Preste atenção no horário de funcionamento.



Uma coisa que você tem que ficar muito atento dentro da praça: tem algumas senhoras que se aproximam , vão conversando, dizem que vão te rezar... e na realidade querem dinheiro. Não dê conversa para nenhum estranho.


As ruas principais da cidade são muito charmosas.



Um passeio de charrete, lojas, restaurantes, e claro, como todo centro histórico uma catedral enorme.




Quando sentar em um restaurante para comer peça "tapas"; são porções menores que você pode saborear e conhecer a gastronomia local.


Outro ponto turístico situado na região central é a Torre del Oro.


A torre era um ponto de defesa da cidade. Hoje dentro dela tem um museu naval. Consulte o valor para visitar - não é caro - é um preço simbólico e tem um dia da semana que a entrada é gratuita.


Em uma das noites fomos ao bairro Triana, onde em vielas antigas acontecem shows de flamenco. Flamenco raíz mesmo, os lugares não são nada glamurosos mas são extremamente culturais. Para quem ama flamenco pode colocar na lista.


Um dos pontos que mais chama atenção na cidade é o Metropol Parasol - o cogumelo.




Aos domingos fica lotado. No topo dele tem um mirante onde você pode ver a cidade do alto e assistir ao por do sol.


Em cima tem um bar e no subsolo escavações arqueológicas.


O ingresso fica em torno de 3 euros. A fila é grande, mas anda.



Por último visitamos a Cidade Romana de Italica.


O local é enorme, tem um grande jardim, mas é cheio de regrinhas.


O local fica a 9 km de Seville, a cidade foi fundada em 206 AC.



Esses foram os lugares que conhecemos em Sevilla.



Espero que tenham gostado!

beijinhos e até o próximo destino.