Imagem capa - Cartagena das Indias por katia  Garrido
Destinos

Cartagena das Indias

A primeira viagem que fiz sozinha com minha filha mais nova.


O que ninguém deve esquecer ao embarcar para Cartagena é o comprovante de vacinação contra febre amarela. Caso esqueça não conseguirá nem embarcar no aeroporto, eles são muito sérios em relação a isso.


A viagem não é longa, foi bem tranquila. Quando chegamos no aeroporto pegamos um táxi para a Ciudad Amurallada. Nosso hotel estava localizado bem no centro histórico e essa é uma recomendação que eu faço para quem quer evitar alugar carro.


Nossa viagem aconteceu no mês de novembro, mês de calor intenso. Intenso mesmo, a ponto de não sairmos do hotel entre 12 e 15h.


Diria que uma semana é o suficiente para conhecer o local e se divertir.


Embora o peso colombiano seja desvalorizado em relação ao real, na hora de fazer conversão para as compras e para a alimentação nós não sentimos os preços tão confortáveis.


Quando você anda pelo centro histórico há muitos guias vendendo passeios, sugiro que escolha passeios casados e que não os faça todos os dias, é bem cansativo.


O que não pode faltar na ida à Cartagena é a foto com a Colombianas. Não se iluda, elas cobram!



"Dê um passeio em torno de Cartagena e uma das primeiras coisas que você notará são os grupos de mulheres vestidas em cores vibrantes que equilibram tigelas de frutas em suas cabeças.

 

Conhecidas como as palenqueras, essas vendedoras de frutas são muito mais uma atração da cidade e uma parte importante de sua história. 


Elas originalmente vieram de San Bassilo de Palenque, que é uma pequena cidade ao sul de Cartagena. Esta pequena vila foi realmente um dos primeiros lugares nas Américas a ser libertado da escravidão." Qual Viagem


O centro histórico fica dentro da Cidade Amurallada.



O local é seguro, e você pode caminhar pelas ruas históricas tanto de dia quanto de noite.



A arquitetura é antiga e encantadora, já o lado de fora da Cidade Amurallada é bem diferente.


Na entrada você encontra da Torre del Reloj.



Logo a frente da Torre você pode saborear diversos doces caseiros típicos do local no Portal dos Dulces.


A Plaza Santo Domingo é um ótimo lugar para comer, cercada por restaurantes e com mesinhas nas ruas. É um belo convite à um bate papo ao ar livre.



Quando o assunto é drink.... anote já na sua lista: Café del Mar.


Fiquem atentos, se for em alta temporada é preciso reservar mesas porque o local enche. 


É o por do sol mais lindo da cidade.


Vale muito a pena e os drinks não são caríssimos.



Prestem atenção: Várias pessoas tentam puxar assunto com você, não dêem atenção, na realidade elas querem vender pulseiras, souvenirs.....  Essa parte é bem irritante.


A Plaza de las Bóvedas é conhecida por ter várias lojinhas vendendo souvenirs. Os produtos são bem mais caros. Cartagena é um local que pechinchar dá certo. Aproveite.



Um dos lugares que me encantei foi o shopping La Serrezuela, os preços são altos, mas o local é lindo.



Já os outros shoppings não tem nada a mais que os nossos e os preços não são convidativos.  Não acho que vale a pena visitá-los.


Agora vamos falar de natureza, aliás é a parte mais linda de Cartagena.


O primeiro passeio que fizemos foi  o full day 4 islas Rosario.


Pegamos um ônibus da agência na saída da Cidade Amurallada , descemos em uma praia e de lá pegamos um barco para as ilhas.


É tudo muito corrido, mas dá para se divertir.


A cor da água é impressionante e tem uma parada para um mergulho , a quantidade de peixes é enorme. 


Um conselho: tire suas próprias fotos, o guia faz inúmeras delas, fala que vai te enviar e nunca envia. Ficamos sem as fotos do mergulho.



O mergulho é um tumulto, mas é lindo.


No próprio barco eles tem todo equipamento, não se preocupe em levá-los.




Esse foi o prato servido.






A última parada desse passeio foi de noite para vermos o Plancton luminoso.


Quando você se mexe na água ela fica iluminada, mas não conseguimos registrar em fotos o que vimos.



Gente, a água é tão quentinha e tão gostosa que não há a possibilidade de sentir frio.


Outro passeio que fizemos foi para Bora Bora, uma ilha particular com Dj e muita diversão.



Diversão e muita alegria num ambiente familiar.



Bora bora é cheio dessa gazebos,  os colchões frente mar são os mais disputados.


Deixamos nossos pertences na nossa gazebo e demos uma volta na ilha. Não tivemos problema com nada. 



O almoço também estava incluído, e nele pudemos ir ao Oceanário para abraçar o golfinho.




A entrada do Oceanário e a experiência com o Golfinho são pagas a parte mas vale a pena.




São 27 ilhas que formam o arquipélago Ilhas Rosário que fazem parte do Parque Nacional Corales del Rosario.


Claro que não conhecemos todas elas, mas o que vimos já foi incrível e inesquecível.


O Mar Rosado não estava rosa, tem época certa, por isso vale a pena perguntar tudoooo.


A cidade é feita para o turismo, as coisas funcionam por lá.


Um bairro colorido cheio de artes pelos muros é o Getsmani. O bairro é super visitado por turistas.




Duas coisas que não faltaram na nossa viagem pelo calor:



Muito sorvete e Aloe Vera!



Claro que numa cidade cheia de histórias não poderíamos deixar de visitar o Castillo de San Felipe de Barajas.


O castelo surgiu em 1657 para proteger a cidade a partir de um ponto estratégico.



Para fechar a viagem demos uma volta em Bocagrande.



As ilhas são a parte mais encantadora pelas águas cristalinas, pela fauna e pela temperatura.


Recomendo!


beijinhos e até a próxima parada